“Não se pode falar do oceano para um sapo do brejo — criatura de uma esfera mais acanhada. Não se pode falar de um estado isento de pensamento para um pedagogo; sua visão é demasiado restrita”. — Chuang Tzu

Uma conversa sobre o momento da "Porta Estreita"

Outsider44: oi
Decapupul: oi
Outsider44: beleza?
Decapupul: Tudo e você?
Outsider44: beleza!
Decapupul: esqueci de entrar no msn.
Outsider44: Hoje o dia foi muito, mas muito revelador...
Decapupul: Namastê!
Outsider44: Creio que veio, se não a forma final, algo bem próximo da concepção da releitura dos 12 Passos por nós...
Decapupul: E´/emesmo?
Outsider44: A releitura dos Passos na experiência do nosso grupo:
Decapupul: Diga!
Outsider44: Passo 1 - Admitimos que éramos impotentes perante a insanidade de nosso fluxo mental, o qual nos impedia o desfrute da plenitude do amor, da compaixão e da genuína comunhão com toda manifestação de vida.
Decapupul: Sim
Outsider44: Passo 2 - Viemos a constatar que pela prática da observação sem escolhas do fluxo dos pensamentos e emoções, poderíamos ter restaurada nossa sanidade.... Passo 3 - Decidimos entregar nossos desejos e nossa vida aos cuidados dessa observação sem escolhas.
Decapupul: Sim
Outsider44: Passo 4 - Fizemos minucioso e destemido inventário de nossos condicionamentos e suas origens...
Decapupul: Ok
Outsider44: Passo 5 - Admitimos perante nós mesmos e perante outro ser humano, o pensamento condicionado como sendo a natureza exata de nossos  fragmentadores e separatistas conflitos.
Decapupul: Sim
Outsider44: Passo 6 - Através de um modo de vida pautado na simplicidade voluntária e pela prática da observação sem escolhas, nos prontificamos inteiramente para que nossos condicionamentos pudessem ser removidos... Passo 7 - Humildemente rogamos ao Não Manifesto que nos libertasse de toda forma de dependência psicológica... Passo 8 - Fizemos uma relação de todas as pessoas que tínhamos prejudicado pela ação de nosso modo condicionado e autocentrado de ser e nos dispusemos a reparar os danos a elas causados... Passo 9 - Fizemos reparações diretas dos danos causados a tais pessoas, sempre que possível, salvo quando fazê-lo significasse prejudicá-las ou a outrem... Passo 10 - Continuamos fazendo o inventário de nossos condicionamentos psicológicos e, quando os constatávamos, nós os admitíamos prontamente.
Decapupul: ok
Outsider44: Passo 11- Procuramos, através da percepção intensa do momento presente e do contato com a energia de nosso corpo interior sutil, abrir um canal conducente para um acesso consciente com o Não Manifesto, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a nós, e forças para realizar essa vontade... Passo 12 - Tendo vivenciado o desvelar da inteligência amorosa transcondicionante, graças a prontificação obtida por meio desses Passos, procuramos transmitir esta mensagem ao pensador compulsivo que ainda sofre e praticar essas observações em todas atividades.
Decapupul: ok
Outsider44: Como sentiu?
Decapupul: Não sabia que ia fazer os passos
Outsider44: Correlacionei; veio muito forte, logo cedo!
Decapupul: Ficou nos moldes dos anônimos
Outsider44: Não, nega! Ficou conforme o que vivenciamos até aqui!
Decapupul: Sim.
Outsider44: Estou o dia todo olhando para isso... Vi bem detalhadamente a nossa experiência,
de nossos amigos e na recente experiência do Mario.
Outsider44: São bem claros esses pontos entre nós, salvo, a experiência do Passo 12, a qual só posso me reportar por esses "vivencias" em que me vi tomado por algo maior, como você é a testemunha ocular, física disso; não há ainda o desvelar total, mas o que se manifestou até aqui, tem sido muito forte em seus fragmentos; além de forte, altamente criativo. O próprio grupo tem demonstrado isso na progressão das falas de seus membros.
Decapupul: sim.
Outsider44: Há um capítulo no livro do Eckhart Tolle que é muito esclarecedor... Mostra muito bem tudo isso, só que com palavras diferentes. Aponta muito bem para esse momento ATUAL que estamos vivendo... O que é realmente um PODEROSO PORTAL.
Decapupul: Perai telefone!
Outsider44: Ok!
Decapupul: Sim!
Outsider44: Voltou?
Decapupul: Perai!
Outsider44 : Vejo como ESSENCIAL neste momento, a qual classifico como "A PORTA ESTREITA", como se referia Jesus, aquilo que o Eckhart Tolle chama de uma PERCEPÇÃO INTENSA DO MOMENTO PRESENTE... Deixe isto reverberar... PERCEPÇÃO INTENSA DO MOMENTO PRESENTE... É uma prática minuciosa que dissolve a identificação com a ponte do TEMPO e que nos joga no "COLO DO NÃO MANIFESTO", nos aproxima do estado de presença, onde a energia vital pode ser sentida em nosso centro cardíaco sutil.
Decapupul: Sim
Outsider44: Essa me parece a prática do presente instante a qual é exigida de nossa parte PERCEPÇÃO INTENSA DO MOMENTO PRESENTE.
Decapupul: Sim
Outsider44: ATENÇÃO PLENA A TENTATIVA DE INVASÃO DO PENSAMENTO NA PONTE DO TEMPO, DIMINUIR CADA VEZ MAIS OS "DEVANEIOS"... Ou seja, os períodos em que eles escapam, se aproximar cada vez mais de sua "FONTE", que é a própria CONSCIÊNCIA
Decapupul: Sim
Outsider44: ENCAPSULADA PELO PENSAMENTO... Se conseguirmos essa PERCEPÇÃO INTENSA, chegaremos a fonte, QUE É A PRÓPRIA CONSCIÊNCIA, LIVRE DO PENSAMENTO; PRESENÇA PURA, PERCEPÇÃO PURA, PURO FLUXO DE CONSCIÊNCIA SEM PENSAMENTO.
Decapupul: Sim
Outsider44: Nega, olhe bem para isto... Olhe muito bem, com muito cuidado... Estamos todos num portal, na "porta estreita"...
Decapupul: Sim
Outsider44: A porta estreita referida por Jesus... É preciso estar consciente que a rede do pensamento condicionado vai atacar; vai tentar gerar toda forma de conflito e identificação possível, toda forma de irracional PREOCUPAÇÃO, ou seja uma AÇÃO MENTAL NO TEMPO... Isso pode se dar com preocupação física com o corpo, com o estado mental/emocional de pessoas significativas... Sei lá! Pode vir por qualquer coisa... É preciso ATENÇÃO PLENA, PERCEPÇÃO PLENA DO SALTITAR MENTAL PASSADO/FUTURO/MONÓLOGOS/IMAGENS/DIÁLOGOS INTERNOS...
Decapupul: sim
Outsider44: Projeções, conjecturas, é tudo falso, irreal... Precisamos pegar isso NA FONTE, NA NATUREZA EXATA, NO MOMENTO EXATO! SE PEGAR ISSO, PASSAMOS PELO PORTAL... E DEIXAMOS DE EXISTIR NO TEMPO.
Decapupul: Sim!
Outsider44: Estamos no BARCO DO SHOW DE TRUMAN... É um momento EXTREMAMENTE FECUNDO QUE PODERÁ SE MOSTRAR ASSUSTADOR, QUE PODERÁ SE MOSTRAR CONFUSO...
Decapupul: Sim
Outsider44: MAS NA CONFUSÃO ESTÁ A FUSÃO ENTRE MENTE/CORAÇÃO E FONTE... Isso é o que estava faltando na fala... Um estado de unidade interna não só entre mente e coração, MAS SIM, entre MENTE/CORAÇÃO E A FONTE DA MENTE E CORAÇÃO; mente e coração seriam as "ondas" se dissolvendo na Fonte que é o oceano
Decapupul: Sim
Outsider44: Isso está muito mais que uma percepção mental para mim, algo que está sendo intronizado no SER e não é nada fácil esse estado de se prontificar para a percepção do momento de “arranque” do pensamento, ver o momento saltitante passado/futuro e perceber o PERCEBEDOR DISSO TUDO, QUE É A PRÓPRIA CONSCIÊNCIA SEM FORMA.
Decapupul: Sim
Outsider44: Soa como algo "muito louco"? Irracional?
Decapupul: Não
Outsider44: Para mim, soa como o fim do mundo da identificação mental, a morte do velho homem ligado a mente pela ponte do tempo psicológico... A libertação da Matrix, a libertação da rede que nos prende no tempo psicológico...
Decapupul: Sim
Outsider44: Isso requer muita, mas muita atenção, como NUNCA ANTES NOS FOI PEDIDO... Estar atento a tudo, tanto DENTRO, como "FORA", PERCEBENDO O MOMENTO, O INSTANTE MENTAL, O INSTANTE EMOCIONAL... UMA PERCEPÇÃO HOLÍSTICA
Decapupul: sim
Outsider44: UMA PERCEPÇÃO DA ENERGIA DO CORPO INTERNO, DO CORPO FÍSICO, DO CORPO EMOCIONAL, DO CORPO MENTAL...
Decapupul: Sim
Outsider44: DO "CORPO FÍSICO EXTERNO" (os ACONTECIMENTOS ao nosso redor)
Decapupul: sim
Outsider44: FAZ SENTIDO?
Decapupul: Sim! Um momento...
Outsider44: Ok!
Decapupul: Oi, voltei!
Outsider44:  Estou transcrevendo esta conversa para colocar no blog
Decapupul: certo
Outsider44: O que acha?
Decapupul: Legal! Não se trata de uma conversa... Você está me passando informações e estou ouvindo!
Outsider44:  Diga como você sentiu reverberar isso ai dentro!
Decapupul: É isso mesmo! É o momento que estamos atravessando... A percepção dentro e fora é incrível! E, a cada dia, mais consciência! Esse desenlace do tempo psicológico... Saber que não me domina mais!
Outsider44:  É preciso, apertar o laço da percepção... Diminuir o espaço de "devaneio" mental, de falta de percepção da formação de imagens e falas!
Decapupul: Sim.
Outsider44: Percebo nitidamente o pensamento querendo fazer uso do material que a consciência apresenta com relação a um passado de identificação mental, com suas respectivas ações insanas, para tentar instalar o conflito, a culpa, a  vergonha, o medo, a ansiedade. O ego querendo se apropriar do material da consciência que pede somente pela "reparação", pela ação de reparar no ocorrido, como material de desidentificação com o antigo estado reativo mental. É óbvio que, ao olhar para um passado de identificação ilusória com a mente, quase tudo que foi construído, foi construído com bases falsas, com bases ilusórias.
Decapupul: Um momento, telefone!
Outsider44: Ok! Vou precisar desligar... A bateria está no último risco! Se cair, um beijão!
Decapupul: Vou embora! Chego  aí por volta das 18:45 horas. Beijão! Namastê!
Outsider44: Eheheh! Outro!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"Quando você compreende, quando chega a saber,
então traz toda a beleza do passado de volta
e dá a esse passado o renascimento, renova-o,
de forma que todos os que o conheceram
possam estar de novo sobre a terra
e viajar por aqui, e ajudar as pessoas." (Tilopa)



"Nos momentos tranqüilos da meditação, a vontade de DEUS pode tornar-se evidente para nós. Acalmar a mente, através da meditação, traz uma paz interior que nos põe em contato com DEUS dentro de nós. Uma premissa básica da meditação, é que é difícil, senão impossível, alcançar um contato consciente, à não ser que a mente esteja sossegada. Para que haja um progresso, a comum sucessão ininterrupta de pensamentos tem de parar. Por isso, a nossa prática preliminar será sossegar a mente e deixar os pensamentos que brotam morrerem de morte natural. Deixamos nossos pensamentos para trás, à medida que a meditação do Décimo Primeiro Passo se torna uma realidade para nós. O equilíbrio emocional é um dos primeiros resultados da meditação, e a nossa experiência confirma isso." (11º Passo de NA)


"O Eu Superior pode usar algum evento, alguma pessoa ou algum livro como seu mensageiro. Pode fazer qualquer circunstância nova agir da mesma forma, mas o indivíduo deve ter a capacidade de reconhecer o que está acontecendo e ter a disposição para receber a mensagem". (Paul Brunton)



Observe Krishnamurti, em conversa com David Bohn, apontando para um "processo", um "caminho de transformação", descrevendo suas etapas até o estado de prontificação e a necessária base emocional para a manifestação da Visão Intuitiva, ou como dizemos no paradigma, a Retomada da Perene Consciência Amorosa Integrativa...


Krishnamurti: Estávamos discutindo o que significa para o cérebro não ter movimento. Quando um ser humano ESTEVE SEGUINDO O CAMINHO DA TRANSFORMAÇÃO, e PASSOU por TUDO isso, e esse SENTIDO DE VAZIO, SILÊNCIO E ENERGIA, ele ABANDONOU QUASE TUDO e CHEGOU AO PONTO, à BASE. Como, então, essa VISÃO INTUITIVA afeta a sua vida diária? Qual é o seu relacionamento com a sociedade? Como ele age em relação à guerra, e ao mundo todo — um mundo em que está realmente vivendo e lutando na escuridão? Qual a sua ação? Eu diria, como concordamos no outro dia, que ele é o não-movimento.

David Bohn: Sim, dissemos que a base era movimento SEM DIVISÃO.

K: Sem divisão. Sim, correto. (Capítulo 8 do livro, A ELIMINAÇÃO DO TEMPO PSICOLÓGICO)


A IMPORTÂNCIA DA RENDIÇÃO DIANTE DA MENTE ADQUIRIDA
Até praticar a rendição, a dimensão espiritual de você é algo sobre o que você lê, de que fala, com que fica entusiasmado, tema para escrita de livros, motivo de pensamento, algo em que acredita... ou não, seja qual for o caso. Não faz diferença. Só quando você se render é que a dimensão espiritual se tornará uma realidade viva na sua vida. Quando o fizer, a energia que você emana e que então governa a sua vida é de uma frequência vibratória muito superior à da energia mental que ainda comanda o nosso mundo. Através da rendição, a energia espiritual entra neste mundo. Não gera sofrimento para você, para os outros seres humanos, nem para qualquer forma de vida no planeta. (Eckhart Tolle em , A Prática do Poder do Agora, pág. 118)